[ editar artigo]

Trabalhar com dev, sem ser dev

Trabalhar com dev, sem ser dev

Quem trabalha direto com públicos como desenvolvedores front, back, full-stack entre todos(as) outros(as) profissionais da área de desenvolvimento de software, mas não é dev, talvez esse artigo possa te ajudar! 

Oi, espero você esteja bem e seguro(a) em casa. Atualmente, trabalho como community manager na Conq Hub - um dos maiores hubs de inovação do estado de SP.  

Não sei programar... E entendo bem pouco sobre esse mundo ainda. Portanto, alguns questionamentos começaram a surgir... Como "será que as pessoas se sentem representadas por mim?", "será que eu conheço todos minimamente com quem trabalho?", "Como fazer para engajar essas pessoas?" 

As respostas eu ainda estou lapidando, buscando, refletindo e principalmente: TESTANDO! Isso mesmo. Sabemos que quando possuímos algumas premissas e hipóteses a maneira mais assertiva de encontrar essas e outras respostas é testar! 

Mas como? 

Acredito que vocês já estão acostumados a preencherem formulários, seja para cadastros em plataformas por exemplo ou pesquisas. Pois bem, aí está, a pesquisa é o que nos faz ter dados, organizar e analisar os mesmo, afim de que consigamos obter padrões ou não de comportamento, linguagem, gostos, habilidades entre tantas outras coisas que podemos utilizar como combustível para as ferramentas que usamos no nosso trabalho. 

Atente-se a que tipo de pesquisa seria mais adequada a sua hipótese, pois existem pequisas quantitativas que como a própria palavra já diz, nos remete as "quantidade" e comparativos. Porém, já a pesquisa qualitativa leva muito mais em consideração a qualidade de coisas que não são mensuráveis ou simplesmente não devem ser quantificadas e merecem uma análise mais profunda. 

Outro ponto importante é que você tem que estar aberta(o) para conhecer, experimentar e conviver com essa comunidade e no mundo dessas pessoas. 
Só assim você começará a conhecê-los(as).  

Tem um TED muito bom do Ernesto Sirolli que conta um pouco da sua vivência com uma comunidade de uma nacionalidade diferente da sua em que ele é o membro recém chegado daquele lugar, o forasteiro. Durante a narrativa ele relata os altos e baixos que passou e sua conclusão é a seguinte: "Fique quieto e escute!" Escute/ouça as pessoas ao seu redor. 

Espero esse recorte da minha experiência com devs, sem ser dev possa ter ajudado você. Comenta o que você achou (: 

Lideres de Comunidade
Ler conteúdo completo
Indicados para você