[ editar artigo]

A Comunidade como diferencial das marcas

"Marcas de Sucesso investem em construir comunidade, e só consegue construir comunidade a marca que tem um propósito definido."

A afirmação acima é minha, e com ela que tenho defendido a importância das comunidades, pra mim ela é mais do que verdadeira é uma realidade que tenho vivido.

Atualmente atuo como advogado de startups, líder de comunidade e empresário nos setores de marketing e educação, e percebo que somente os negócios que possuem um propósito claro e conseguem comunicá-los aos seus clientes estão conseguindo obter sucesso, ainda mais em tempos de COVID-19.

A preocupação das organizações em ter um propósito bem definido e claro para comunicar aos seus colaboradores e clientes já era uma preocupação que crescia nos últimos tempos, e com certeza essa crise a coloca no patamar mais alto das preocupações com o futuro dos negócios.

Não dá para ser diferente, a geração Y e a geração Z, em especial, são gerações com forte senso de Purpose Driven Life, isto é, são direcionadas a uma vida com propósito e com certeza levam isso em consideração par as suas escolhas de consumo, e, portanto, buscam cada vez mais por empresas, negócios, marcas que tem um propósito bem definido e que geram valor a sociedade em que estão inseridas.

Da mesma forma, os profissionais buscam cada vez mais integrarem uma empresa que tenha propósito e senso de comunidade.

Sem dúvida, construir comunidades alicerçadas em um propósito bem definido é o que vai levar as marcas a conquistar e manter seus espaços no mercado, seja construindo equipes engajadas, seja gerando clientes defensores da marca, todos juntos convivendo em torno deste propósito e formando uma comunidade de interesses e visões agregadoras.

Cada vez mais cresce nas empresa setores e cargos especializados em gestão de comunidade, para que possam gerir a construção e manutenção de suas comunidades próprias, fazendo surgir inclusive novas carreiras como os gerentes de comunidades, analistas de comunidade, líderes de comunidades, entre outros.

O mercado não se sustenta mais na briga por preços. A dinâmica mudou, os clientes Internos (colaboradores) e externos (consumidores) querem uma razão para comprar (propósito) e se sentir parte de algo ao utilizar uma marca (comunidade).

Construir uma comunidade em torno da sua marca não se trata de algo a se pensar, mas sim de algo que já deveria ter sido feito!

Meu nome é Henrique Clauzo Horta, sou agente do InovAtiva Brasil 2020 pelo Estado de Goiás, fundador e líder de comunidade do Goiânia Legal Hackers, advogado empresarial com foco em startups, startupeiro (startup de marketing e de educação jurídica) e professor.

Lideres de Comunidade
Henrique Clauzo Horta
Henrique Clauzo Horta Seguir

Meu nome é Henrique Clauzo Horta, sou agente do InovAtiva Brasil 2020 pelo Estado de Goiás, fundador e líder de comunidade do Goiânia Legal Hackers, advogado de startups, fundador, CEO e CFO de startups e professor.

Ler conteúdo completo
Indicados para você